Polícia Militar de Goiás realiza pelo menos 27 prisões nas últimas horas

A Polícia Militar de Goiás realizou ao menos 27 prisões durante as ações realizadas entre a tarde desta quinta-feira (29/04) e madrugada de sexta (30/04). Foram mais de 50 quilos de drogas apreendidas, armas de fogo, munições, insumos para a fabricação de entorpecentes, além de veículos roubados/furtados. Um laboratório para refino de drogas foi fechado. As principais ocorrências aconteceram na capital, em Aparecida de Goiânia, Anápolis, Porangatu, Senador Canedo, Neropólis, Trindade, Pirenópolis, Chapadão do Céu e Águas Lindas de Goiás.

Em uma das diligências, militares do Batalhão de Choque apreenderam 54 frascos de lança perfume. Os ilícitos estavam em uma casa, de Goiânia e foram localizados após compartilhamento de informações com o 19º BPM e o Comando de Missões Especiais (CME). Também foram apreendidos no local 200 gramas de crack, uma balança de precisão e material de embalagem. Uma mulher, que estava na residência, foi presa e levada à Central Geral de Flagrantes (CGF) da capital. Ela foi autuada pelo crime de tráfico de drogas.

Já em Aparecida de Goiânia, na região metropolitana, policiais do Grupo de Radiopatrulha Aérea do Estado de Goiás (Graer) desmontaram um laboratório, usado para a produção de entorpecentes. No local, no setor Buriti Sereno, foram apreendidos 3 quilos de crack, duas peças de maconha, duas balanças de precisão, 5 quilos de insumos, além de duas balanças de precisão e três celulares. Três pessoas foram presas durante a ação. Entre elas, duas mulheres e um homem. O trio foi conduzido ao 4º Distrito Policial do município.

Policiais militares do 7º Batalhão da PM apreenderam na tarde desta quinta-feira 30 quilos de cocaína pura, em Goiânia. Os entorpecentes eram transportados em um veículo, abordado pelas equipes. Além dos ilícitos, o carro também foi apreendido, por ser usado no tráfico. Os policiais descobriram ainda que o motorista é sobrinho de um traficante internacional de drogas. Ele foi preso e levado à Central de Flagrantes da capital. A apreensão trouxe prejuízo estimado em R$ 1,5 milhão ao crime organizado.

Equipes do Batalhão de Rotam também efetuaram a detenção de um casal, suspeito de tráfico de drogas, em Goiânia. Os PMs faziam patrulhamento na região noroeste da capital, quando receberam denúncia sobre possível venda de ilícitos, no Setor Jardim Nova Esperança. Imediatamente, os policiais deslocaram até o local, onde conseguiram localizar e abordar os suspeitos. Durante as buscas na casa foram encontrados 13 tabletes de maconha e uma balança de precisão. A dupla foi levada à CGF.

Também no combate ao tráfico, militares da Rotam prenderam uma mulher, foragida da justiça do Mato Grosso pelos crimes de homicídio e tráfico de drogas. Os policiais chegaram até a suspeita, no Setor Jardim Itaipu, em Goiânia, após o recebimento de denúncia anônima. Na casa dela também foram apreendidos 52 comprimidos de ecstasy, um tablete de maconha e 500 porções menores. O namorado da mulher foi localizado e confessou participar da venda de entorpecentes. Os dois foram conduzidos à Central de Flagrantes.

Fonte: Secretaria de Segurança Pública – Governo de Goiás

print