PCGO prende 5 suspeitos de promover pornografia infantil pela internet

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) cumpriu na manhã desta terça-feira (4/5) 10 mandados de busca e apreensão domiciliar em Goiânia e mais cinco municípios goianos. Ao todo, já foram presos cinco suspeitos de armazenarem e compartilharem pornografia infantil.

Além da Capital, a polícia faz buscas e apreensão em residências localizadas em Anápolis, Morrinhos, Jataí, Inhumas e Bonópolis. Segundo os investigadores, são locais em que foram identificados usuários de internet que teriam compartilhado vídeos pornográficos infantis, por meio de softwares específicos para envio e recebimento desse conteúdo criminoso.

A Operação Meu Zeloso Guardador IV é sendo coordenada pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) e Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente de Goiânia (DPCA) e segue em diligências.

Operação

Iniciada em 2018, esta é a 4ª etapa da Operação Meu Zeloso Guardador que já cumpriu o total de 93 mandados de busca e apreensão, em 22 cidades goianas, resultando na prisão de mais de 50 pessoas.

De acordo com a PCGO, a Operação Meu Zeloso Guardador marca o início de uma série de ações coordenadas pela DPCA de Goiânia, que se intensificarão até o dia 18 de Maio (Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil).

 

Fonte: O Hoje

print