Flamengo abusa de falhas defensivas, empata com La Calera e perde 100%

Em um jogo com dois tempos distintos, em que se recuperou depois de começar desatento, lento e errar mais do que deveria, o Flamengo empatou fora de casa por 2 x 2 com o Unión La Calera na noite desta terça-feira (11/5) e perdeu os 100% de aproveitamento na Copa Libertadores.

No gramado sintético do estádio Nicolás Chahuán Nazar, no Chile, Willian Arão marcou contra e a favor e Gabriel balançou as redes de pênalti. Aproveitando um apagão da defensa adversária, os chilenos também marcaram com Ariel Martínez. Os anfitriões, aliás, abriram 2 a 0, mas o Flamengo se reabilitou depois de uma atuação desconexa e apática, retomou o controle do jogo e chegou ao empate.

Mesmo com o tropeço fora, a situação do Flamengo ainda é confortável no Grupo G, do qual é líder, com 10 pontos, seis a mais que a LDU, segunda colocada e que encara o Vélez Sarsfield na Argentina quinta-feira. Com dois pontos, o Unión La Calera segue sem vencer, amarga a lanterna e está perto de ser eliminado.

O resultado do primeiro tempo foi condicionado pelos erros de um Flamengo muito disperso, desatento e em voltagem abaixo do normal até a metade da etapa inicial. A defesa errou demais e permitiu que o Unión La Calera, mesmo inferior tecnicamente, mandasse na partida nos primeiros minutos.

O time chileno contou com falhas defensivas graves do rival brasileiro para marcar duas vezes. Aos sete minutos, Bruno Viana conseguiu errar três vezes no mesmo lance. Desatento, o defensor recuou mal para Gabriel Batista, que conseguiu recuperar, mas o zagueiro perdeu a bola na sequência. O goleiro defendeu o chute de Vargas, mas Martínez apareceu para conferir no rebote.

print