Corinthians agenda reunião com Aguirre para este sábado e pode avançar em contratação

Iniciada na última sexta-feira, a negociação entre Corinthians e o técnico Diego Aguirre pode ganhar um novo – e talvez decisivo – passo. Após um contato inicial na sexta-feira, a diretoria alvinegra agendou uma reunião com o uruguaio e o seu representante neste sábado.

A conversa acontecerá de maneira virtual. Aguirre está na Espanha, a passeio com a esposa, e deverá realizar uma videoconferência com o presidente do Corinthians, Duilio Monteiro Alves, o gerente de futebol Alessandro Nunes e o diretor de futebol Roberto de Andrade.

O nome de Diego Aguirre ganhou força no Timão ainda na noite de quinta-feira, quando Renato Gaúcho informou que não aceitaria a proposta para comandar a equipe. Na manhã do dia seguinte, a cúpula corintiana abriu conversas com o uruguaio e seu agente.

Os primeiros contatos serviram para as partes se conhecerem. Questões contratuais e detalhes do projeto desportivo devem ser discutidos neste sábado, quando o Corinthians pretende avançar na negociação.

Aguirre se animou com o interesse corintiano e a possibilidade de voltar a trabalhar no Brasil, onde comandou Internacional (2015), Atlético-MG (2016) e São Paulo (2018).

O Timão evita apressar a escolha de seu novo técnico, mas sabe que também não tem tempo a perder. A equipe estreia no Campeonato Brasileiro no próximo domingo, dia 30, contra o Atlético-GO.

Desde a demissão do técnico Vagner Mancini, no último domingo, mais de 20 nomes foram oferecidos à diretoria do Corinthians. O clube descartou técnicos vistos como apostas, casos de Guto Ferreira e Lisca, e busca nomes mais consolidados. Fábio Carille também ficou fora da pauta.

Inicialmente, o Timão via como improvável a contratação de um estrangeiro. Porém, o histórico de Aguirre no Brasil e os valores envolvidos na transação pesaram a favor dele. Cartolas alvinegros o veem como um técnico “com a cara do Corinthians”.

Aos 55 anos, o uruguaio está sem clube desde novembro do ano passado, quando deixou o Al-Rayyan, no Catar.

Fonte: Globo Esporte

print