Cris Cyborg nocauteia nos segundos finais e mantém cinturão do Bellator

O Bellator 259 foi realizado nesta sexta-feira em Uncasville, nos Estados Unidos, e teve como atração principal o duelo pelo cinturão peso-pena entre Cris Cyborg e Leslie Smith. O combate era uma revanche do UFC 198, em 2016, quando a brasileira venceu por nocaute no primeiro round. Neste reencontro, ela teve um pouco mais de dificuldade, mas o resultado, no final da história, acabou o mesmo.

Cyborg dominou todo o primeiro round. Impondo seu jogo desde os segundos iniciais, a brasileira tratou de mostrar seu poder na trocação ao disparar boas sequências, conseguindo até um knockdown. Smith resistiu e seguiu na disputa, mesmo dominada totalmente pela campeã. Cyborg manteve o domínio nos rounds seguintes, chegando a aplicar mais um knockdown no quarto round.

Quando tudo levava a crer que a vitória da brasileira seria na decisão dos jurados, a campeã resolveu acelerar o ritmo, encaixou um forte golpe, que mandou sua adversária à lona. Cyborg então castigou Smith com uma sequência de socos e obrigou o árbitro a interromper a disputa aos 4m51s do quinto round, decretando o nocaute técnico.

– Eu sabia que ela é dura. Já enfrentei ela antes e ela é uma lutadora de verdade. Trabalhei muito duro para esta vitória – comemorou a campeã, que apontou Cat Zingano como próxima adversária que gostaria de enfrentar no evento.

Além de Cyborg, o Brasil contou com mais dois representantes no Bellator 259. Leandro Higo teve pela frente Darrion Caldwell na revanche de um duelo vencido pelo americano em 2018. Desta vez, porém, o resultado foi diferente.

Higo levou a pior no primeiro round, quando foi derrubado e sofreu com cotoveladas disparadas por seu adversário, abrindo um corte na sua cabeça. No segundo round, o brasileiro novamente foi derrubado, mas conseguiu anular o ground and pound do lutador americano e aplicou boas cotoveladas por baixo. No terceiro e derradeiro round, Higo anulou as quedas do seu oponente e levou perigo ao tentar algumas finalizações. Caldwell reagiu nos segundos finais, mas o gongo soou e encerrou a disputa. A decisão foi para os jurados, que decretaram a vitória do brasileiro por decisão dividida.

Já Maycon Mendonça não foi tão bem. Ele fez sua estreia no Bellator e teve pela frente Jaleel Willis. O brasileiro foi melhor em pé, mas acabou tendo dificuldades em impor seu jogo, já que Willis usou bem suas quedas para anular a boa trocação de Maycon. Ao final dos três rounds, o americano ficou com a vitória por decisão unânime.

Veja abaixo os resultados completos do Bellator 259:

Cris Cyborg venceu Leslie Smith por nocaute técnico aos 4m51s do R5.
Leandro Higo venceu Darrion Caldwell por decisão dividida
Austin Vanderford venceu Fabian Edwards por decisão unânime
Jaleel Willis venceu Maycon Mendonça por decisão unânime
Hannah Guy venceu Valerie Loureda por decisão unânime
Saad Awad venceu Nate Andrews por nocaute aos 3m16s do R1
Grant Neal venceu Tyree Fortune por finalização aos 4m20s do R1
Sumiko Inaba venceu Kristina Katsikis por nocaute técnico aos 3m35s do R3
Aviv Gozali venceu Sean Felton por finalização com 1m17s do R1
Davion Franklin venceu Tyler King por nocaute aos 2m02s R1
Leah McCourt venceu Janay Harding por finalização aos 2m42s do R2
Danny Sabatello venceu Brett Johns por decisão unânime
Alexander Shabliy venceu Alfie Davis por decisão unânime

Fonte: Globo Esporte

print