Santos perde, é eliminado da Libertadores e vai jogar a Sul-Americana

Chegou ao fim a trajetória do Santos na Libertadores 2021. Precisando da vitória e torcer por uma derrota do Boca Juniors diante do Santa Fe, nada deu certo. O Barcelona de Guayaquil fez 3 x 1 sobre o Peixe e os argentinos venceram os colombianos com facilidade.

A equipe de Fernando Diniz tomou dois gols de Damián Díaz, um de Montaño, e Kaio Jorge diminuiu. Com o resultado, o Alvinegro da Vila, vice-campeão da copa em 2020, está eliminado e agora vai jogar a Copa Sul-Americana. O Barcelona classificou em 1ª e o Boca na 2ª posição.

O jogo

Depois de um início promissor, o Santos tomou o gol aos 14 minutos, logo após uma boa jogada de Lucas Braga no contra-ataque. Kaio Jorge tentou tirar do goleiro, perdeu e, na sequência, o Barcelona abriu o placar. Leonel Quiñonez cruzou bem para Damián Diáz, na segunda trave, e o camisa 10 foi mais rápido que Felipe Jonatan para fazer 1 x 0.

João Paulo brilhou em dois lances seguidos, impedindo que os equatorianos ampliassem a vantagem. No primeiro, ele se esticou inteiro para defender o chute de Castillo e depois foi muito bem para salvar o voleio de Damián Diaz.

Antes do término do primeiro tempo, o Santos conseguiu empatar com Kaio Jorge. O Menino da Vila aproveitou o rebote após chute de Lucas Braga, correu muito e tocou pro fundo das redes.

2ª etapa

Na volta do intervalo, o Peixe seguiu sem achar espaços na defesa equatoriana e aos 8 minutos, viu Damián Diáz fazer o segundo da partida. Hoyos recebeu nas costas de Felipe Jonatan, se livrou da marcação do latera e viu o meia sozinho na grande área. Ele chegou batendo de primeira, fazendo 2 x 1 para o Barcelona de Guayaquil.

E a história se repetiu. Depois dos paulistas criarem boa jogada e chegar perto do gol, desta vez com Kayky aos 28 minutos, os equatorianos marcaram gol. No minuto 29, Cortez fez o lançamento para Montaño e o volante foi inteligente para aproveitar a linha feita pela zaga santista, ficou cara a cara com João Paulo e não desperdiçou, 3 x 1.

 

Fonte: Metrópoles

print