Jogador suspeito de participar de sequestros é preso a caminho de jogo da 3ª divisão do RS

Um jogador de futebol foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite de terça-feira, quando estava a caminho de um jogo válido pela 3ª divisão do Campeonato Gaúcho. De acordo com a PRF, o atleta de 24 anos, do clube 12 Horas, é suspeito de dois sequestros.

O 12 Horas visita o Rio Grande nesta quinta-feira, às 15h, no Estádio Arthur Lawsonm, em Rio Grande, pelo jogo de ida das quartas de final da competição.

Em contato por telefone com o ge, um membro da diretoria do clube confirmou o vínculo do atleta, mas disse que uma nota será divulgada nas redes sociais da instituição após a partida.

Conforme relatos dos policiais rodoviárias à reportagem, o jogador estava dentro de um ônibus que transitava na BR-116 e parado para fiscalização. O automóvel havia sido alugado para levar os jogadores para o jogo.

Ao checar a identificação dos passageiros, os agentes descobriram que havia mandado de prisão contra o atleta em questão. Assim, o suspeito recebeu voz de prisão e foi levado para a delegacia de polícia mais próxima.

– Para nós, foi uma surpresa. Fizemos duas consultas no sistema. Nos surpreendeu. Estávamos trabalhando uma operação na região em várias frentes. É um trabalho normal, independente do veículo, fizemos a abordagem. Um deles tinha um mandado de prisão em aberto. De imediato foi conduzido à delegacia de Policia Civil de Pelotas. Era um procedimento de rotina. Não teve resistência – afirma o chefe da delegacia da PRF de Pelotas, Fabiano Goia, em contato com o ge.

A Polícia Civil divulgou que um dos sequestros ocorreu em Osório e o outro em Santo Antônio da Patrulha, entre 2019 e 2020. Há suspeita do envolvimento do atleta na formação de uma quadrilha.

Depois da delegacia, ele foi levado para a Penitenciária Estadual de Rio Grande. Até o momento, não há informações sobre se ele será transferido para outra casa prisional.

Fonte: Globo Esporte

print