CBF publica posicionamento sobre caso de assédio envolvendo Caboclo

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou na noite desta sexta-feira (11/6), nas redes sociais oficiais da entidade, um posicionamento acerca da denúncia de assédio moral e sexual contra o presidente Rogério Caboclo feita por uma funcionária.

Pela primeira vez desde a notícia da denúncia — sete dias depois, exatamente —, a CBF se manifestou publicamente sobre o assunto. A entidade declarou confiança na Comissão de Ética do Futebol Brasileiro e classificou as acusações como “graves”.

Confira o texto da entidade na íntegra:

“Nós, funcionárias e funcionários da Confederação Brasileira de Futebol, queremos manifestar nossa confiança na Comissão Ética do Futebol Brasileiro para a investigação justa, ágil e profunda das graves acusações de assédio apresentadas.

O esporte é um espaço de respeito e de inclusão. A Casa do Futebol Brasileira deve sempre representar esse valores.

Temos convicção de que a CBF continuará a zelar pelo ambiente saudável e de convivência e também cada vez mais plural. E vamos trabalhar juntos com a CBF nessa direção.”

 

Fonte: Metrópoles

print