Por que teias de aranha estão dominando a paisagem na Austrália

Enormes teias de aranha estendendo-se por árvores e terrenos se formaram perto de cidades na Austrália recentemente atingidas por enchentes.

Moradores da região de Gippsland em Victoria dizem que os véus finos apareceram após dias de chuva forte.

Em uma área, uma teia de aranha cobria mais de um quilômetro ao longo de uma estrada.

Especialistas dizem que os véus de teia são criados em uma tática de sobrevivência conhecida como “balonismo”, em que as aranhas formam a seda para atingir lugares mais altos.

Ken Walker, curador sênior de insetos da Museums Victoria, disse que provavelmente milhões de aranhas teceram seus fios nas árvores ao redor.

As aranhas tentam escapar da água agarrando-se a terrenos mais elevados, dizem os especialistas. — Foto: CAROLYN CROSSLEY via BBC

As aranhas tentam escapar da água agarrando-se a terrenos mais elevados, dizem os especialistas. — Foto: CAROLYN CROSSLEY via BBC

“As aranhas que vivem no chão precisam sair do solo muito rapidamente. A seda se agarra e se fixa na vegetação e elas conseguem escapar”, disse ele ao jornal The Age.

Isso criou grandes lençóis finos cobrindo os pântanos entre as cidades de Sale e Longford.

‘Uma onda’

 

Uma vereadora local, Carolyn Crossley, disse que tinha descido a um barranco de um lago na noite de segunda-feira para verificar se havia danos causados pela enchente e ficou encantada com o fenômeno natural. Crossley disse que já tinha visto o efeito antes, mas não em uma escala tão grande.

“Não foi assustador — foi lindo. Tudo estava envolto nesta bela teia de aranha, em todas as árvores e cercas”, disse ela à BBC.

 

“O sol estava se pondo na hora e a luz estava linda, só de ver essa onda passando pela paisagem.”

Ela disse que a teia parecia uma camada única, cheia de pequenas aranhas.

Uma camada de teia de aranha cobriu a beira da estrada. — Foto: CAROLYN CROSSLEY via BBC

Uma camada de teia de aranha cobriu a beira da estrada. — Foto: CAROLYN CROSSLEY via BBC

“O fato de que ela não se separou — era como se essas aranhas tivessem se coordenado para fazer essa incrível instalação de arte paisagística ou algo assim”, disse ela.

Outra residente local, Amanda Traeger, disse à BBC que sua família havia inicialmente confundido as teias com redes ao longo da estrada.

“Eu já tinha visto algo assim antes, mas nada exatamente como isso”, disse ela. “Foi absolutamente deslumbrante.”

As delicadas teias devem se desintegrar no final desta semana.

Moradores disseram que esta foi uma boa visão para se ter depois do clima desastroso dos dias anteriores.

Chuvas e ventos fortes atingiram grande parte de Victoria, causando enchentes e danos generalizados na semana passada. Duas pessoas foram encontradas mortas em seus carros devido às enchentes.

As autoridades dizem que a tempestade foi uma catástrofe. Centenas de casas seguem sem energia.

Fonte: G1

print