Ipasgo divulga resultado preliminar do credenciamento de Pessoa Física em 22 municípios

O Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo) publicou, nesta segunda-feira (21/06), os resultados preliminares dos credenciamentos de pessoa física dos municípos de Campos Belos, Catalão, Ceres, Formosa, Iporá, Itaberaí, Jataí, Luziânia, Mineiros, Nova Crixás, Novo Gama, Padre Bernardo, Pires do Rio, Porangatu, Posse, Quirinópolis, Rio Verde, Santo Antônio do Descoberto, São Luís de Montes Belos, Uruaçu, Itumbiara e Valparaíso de Goiás. As listas dos profissionais habilitados estão disponíveis no site www.ipasgo.go.gov.br, na aba “Editais”.

Mas, atenção! Mais de 50% dos inscritos foram inabilitados por falta de autenticação dos documentos solicitados. Portanto, os mesmos terão cinco dias úteis, contando a partir desta terça-feira (22/06), para entrarem com recurso no Sistema Ipasgo de Credenciamento. “É muito importante que os candidatos inabilitados recorram no prazo que estipulamos. Inclusive, fizemos um vídeo mostrando como deve ser feito esse processo. Já está disponível no nosso canal no YouTube e nas nossas redes sociais”, reforça o presidente do Ipasgo, Hélio José Lopes. Clique aqui e confira o passo a passo! (vincular o link https://youtu.be/BYDmFoBJ6OY)

Foram mais de 6 mil inscrições de médicos, odontólogos e terapeutas complementares (nutricionistas, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos e terapeutas ocupacionais) interessados em integrar a rede de prestadores de serviços do plano de assistência. “Com esse credenciamento, conseguiremos ampliar a nossa lista de profissionais, beneficiando diretamente os usuários do Ipasgo de todo o Estado. Dessa forma, vamos oferecer, cada vez mais, um atendimento de qualidade aos goianos”, destaca o presidente do órgão, Hélio José Lopes.

Autenticação de documentos
O Ipasgo não é um plano de assistência como a maioria. Apesar de também prestar serviços de saúde, sua natureza jurídica é de autarquia, o que significa que é parte da estrutura do próprio Estado de Goiás. Por isso, submete-se a todas as normas da Constituição Federal de 1988, incluindo aquela que diz que a administração só pode agir com base na lei.

A exigência de autenticação dos documentos está prevista na legislação estadual de licitações (Lei 17.928/2012), e, também, no Edital, que funciona como lei tanto para os participantes do credenciamento quanto para o Ipasgo. Por isso, todos os documentos devem estar devidamente autenticados.

Resultados Preliminares:

Edital de Chamamento Público 001/2021 – Médicos

Edital de Chamamento Público 002/2021 – Odontólogos
Edital de Chamamento Público 003/2021 – Terapeutas Complementares (nutricionistas, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos e terapeutas ocupacionais)

Fonte: Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo) – Governo de Goiás

print