Condutor embriagado anda pela contramão, causa acidente e é preso pela PRF em Santa Maria (DF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na madrugada de sábado para domingo (18) um motorista de 37 anos que estava embriagado e transitou pela contramão de direção na BR 040 até colidir frontalmente com outro carro. O acidente aconteceu próximo à divisa do DF com GO, em Santa Maria/DF.

Por volta das 3h da manhã da domingo, a PRF foi acionada para atender a uma colisão frontal na BR 040, local com mão simples, duas faixas no mesmo sentido, separadas por canteiro central. Toda essa sinalização não foi suficiente para impedir que um homem, completamente embriagado, sem habilitação, dirigisse com o carro na contramão de direção e colidisse frontalmente com outro veículo que estava seguindo fluxo pela via. Duas pessoas ficaram com lesões leves no outro carro, cujo condutor também era inabilitado.

Quando os policiais chegaram ao local, viram que o condutor causador do acidente estava com sinais claros de embriaguez. Ele fez o teste do etilômetro, que acusou o valor de 1,2mg de álcool por litro de ar alveolar, índice quatro vezes maior que o estabelecido para configurar crime. Além de não ser habilitado, o homem não poderia estar na rua naquele horário, pois é detendo do regime semiaberto. Ele estava cumprindo pena por roubo. Ele recusou atendimento médico no acidente. Ele foi preso e encaminhado à 20 Delegacia de Polícia Civil.

Outros dois condutores embriagados foram presos nesse mesmo final de semana com índices muito altos também, ambos em Ceilândia, na BR 070. Um homem de 51 anos foi flagrado com 1,17mg/L na tarde de sábado e um outro homem, de 44 anos, foi flagrado com 1,10 na noite de domingo. Ambos foram presos e encaminhados à delegacia local.

Além deles, mais quatro condutores foram autuados por embriaguez ao volante e outros 12 levaram multa por se recusar ao teste do etilômetro, só nesse final de semanas nas rodovias federais que cortam o DF.

Outras infrações de trânsito

Além da embriaguez ao volante, outras infrações de trânsito também foram flagradas em abundância neste final de semana nas rodovias federais do DF e entorno. 95 motoristas foram multados por estarem sem cinto de segurança ou por haver algum passageiro sem cinto de segurança no carro. Mais grave ainda: 48 foram multados por terem crianças sendo transportadas sem os sistemas de retenção adequados.

Cerca de 30% das mortes ocorridas em acidentes nas rodovias federais são em decorrência de ultrapassagens mal realizadas. Mesmo com tanta fiscalização, 175 condutores neste final de semana insistiram nessa prática e foram também autuados pela PRF.

É importante salientar que um trânsito seguro só é possível com um senso de responsabilidade por parte de todos os envolvidos no trânsito, em especial os condutores de veículos automotores.

 

Fonte: Gov.br

print