Guedes admite “reorganização interna” no Ministério da Economia

Após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ter indicado que fará uma reforma ministerial na próxima segunda-feira (26/7), que deve incluir retirada de áreas hoje concentradas na pasta federal da Economia, o ministro Paulo Guedes afirmou que o órgão passará por uma “reorganização interna”.

“Tem novidade até na nossa organização estrutural; vamos fazer uma mudança organizacional aqui também. Essas novidades são justamente na direção de emprego e renda”, anunciou o ministro, nesta quarta-feira (21/7), durante coletiva sobre a arrecadação federal de junho.

Conforme mostrou o Metrópoles, a expectativa é que seja recriado o Ministério do Trabalho. Segundo fontes, essa mudança já é dada como certa no Palácio do Planalto e deverá colocar, como titular da pasta, Onyx Lorenzoni, que atualmente comanda a Secretaria-Geral da Presidência.

Bolsonaro não citou nomes, mas o Metrópoles apurou que também são estudadas alterações na Casa Civil, chefiada por Luiz Eduardo Ramos. Ramos assumiria o lugar de Onyx, e o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, ocuparia a cadeira do general.

 

Fonte: Metrópoles

print