Atletas da Austrália danificam quartos, causam problemas no voo e deixam banheiro de avião interditado ao voltar para casa

Alguns atletas da Austrália danificaram seus quartos na vila olímpica de Tóquio, no Japão, na terça-feira (3) e, alguns deles, alcoolizados, causaram tumultos no voo de volta para a casa. O comitê olímpico do país afirmou que foi um comportamento inaceitável.

Os australianos estragaram algumas camas nos quartos e abriram um buraco em uma parede do prédio. No entanto, eles pediram desculpas, e a delegação resolveu não penalizar, disse Ian Chesterman, o chefe do comitê do país. Ele não revelou nenhum nome.

“Jovens cometem erros, eles deixaram os quartos em uma condição inaceitável”, afirmou Chesterman. O incidente é pequeno, as camas já eram frágeis e os quartos não estavam totalmente destruídos, segundo ele.

“É uma história velha: um bom jovem comete um erro, e o capítulo dois é que o jovem está cheio de remorso. O capítulo três é que o jovem aprende e se torna uma pessoa melhor”, afirmou.

Time de rúgbi no avião

 

A federação de rúgbi na Austrália começou uma investigação depois de saber que os jogadores desse esporte e o de futebol tiveram um comportamento inaceitável no voo de volta para o país.

A companhia aérea, a Japan Airlines, mandou um relatório para o comitê olímpico australiano.

 

“[A federação de] rúgbi da Austrália espera os mais altos padrões de comportamento de seus empregados e que sigam o modelo do nosso jogo: respeito, integridade, paixão e trabalho de equipe”, afirmou, em nota, a organização.

Banheiro interditado

 

Chesterman, o presidente do comitê olímpico, disse que houve bebidas em excesso, que alguns atletas se recusaram a usar máscaras, ignoraram ordens da equipe de voo e que um esportista vomitou no banheiro.

 

“Pelo menos uma pessoa passou mal no banheiro do avião, e o toalete ficou inoperável pelo resto do voo”, disse ele, segundo a rede CNN.

Havia 49 atletas de nove modalidades diferentes no voo.

Fonte: G1

print