Jennifer Aniston defende cortar relações com amigos não vacinados

A atriz Jennifer Aniston defendeu a decisão de cortar relações com amigos e conhecidos que não dizem se foram vacinados contra Covid-19 após perguntas nas redes sociais sobre o tema.

A estrela de “Friends” e “The Morning Show” disse em uma entrevista à revista InStyle publicada esta semana que ainda há um “grande grupo de pessoas que são antivacinas ou simplesmente não dão ouvidos aos fatos”.

Ela acrescentou que infelizmente “perdeu algumas pessoas” de sua rotina semanal que não revelaram se foram vacinadas.

Ela foi desafiada por alguns seguidores no Instagram, incluindo Robyn Law, autora do livro sobre perda de peso “The Body Plan”, que perguntou por que Aniston estava preocupada em estar perto de pessoas não vacinadas se ela já foi vacinada.

Aniston respondeu em sua conta.

“Porque se você tiver a variante, ainda pode passar para mim. Posso ficar ligeiramente doente, mas não serei internada em um hospital e/ou morrerei. MAS POSSO passar a outra pessoa que não tenha se vacinado e cuja saúde está comprometida (ou tem uma condição anterior existente) — e, portanto, eu colocaria essas vidas em risco”, escreveu Aniston.

“É por isso que me preocupo. Temos que nos preocupar com mais do que apenas nós mesmos aqui”, acrescentou.

Aniston, que tem 37,7 milhões de seguidores no Instagram, alcançou a fama como Rachel Green na série “Friends”, que ficou no ar de 1994 a 2004, sobre a vida de um grupo de seis amigos nova-iorquinos na casa dos 30 anos.

 

Fonte: CNN

print