Cúpula da PGR pede que Aras apure ‘contragolpe’ citado por Bolsonaro

Um grupo de 31 subprocuradores-gerais da República encaminhou nesta terça-feira (17) ao procurador-geral, Augusto Aras, uma representação solicitando a investigação da mensagem do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a necessidade de um “contragolpe”. As informações são do analista de política da CNN Caio Junqueira.

O recado foi divulgado pelo chefe do Executivo no WhatsApp. No pedido é afirmado que esse caso, associado a outras declarações dele sobre uma eventual convocação das Forças Armadas, compõem sucessivas ameaças às instituições democráticas do país.

“Em sendo confirmados tais fatos, tem-se a extrapolação dos limites da mera liberdade de expressão, porquanto se voltam contra os elementos nucleares do próprio regime democrático, podendo configurar sérios indicativos de ruptura institucional”, traz o documento.

Presidente Jair Bolsonaro e Augusto Aras, procurador-geral da República

Foto: Isac Nóbrega/PR

 

Fonte: CNN

print