Brumadinho: Polícia Civil identifica corpo de funcionária da Vale

A Polícia Civil de Minas Gerais identificou um corpo encontrado nesta semana em Brumadinho pelos militares do Corpo de Bombeiros.

Trata-se de mais uma vítima do rompimento da barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, que aconteceu há dois anos e sete meses.

A identificação ocorreu através da arcada dentária. O corpo encontrado é da vítima Juliana Creizimar de Resende Silva, que tinha 33 anos quando morreu na tragédia. Ela era funcionária da Vale e atuava como analista operacional.

O marido de Juliana, que também trabalhava na Vale, morreu no rompimento da barragem. Os dois eram pais de gêmeos.

Ao todo, 261 pessoas morreram e nove vítimas ainda continuam desaparecidas.

 

Fonte: CNN

print