Crise hídrica faz conta de luz pesar no bolso

O Brasil vive a pior crise hídrica dos últimos 91 anos. Para além das questões climáticas, a falta de chuvas reduz o armazenamento de água nos reservatórios e leva ao acionamento de usinas termelétricas, uma fonte mais cara (e mais poluente) de energia.

Reservatórios do Sudeste e do Centro-Oeste, por exemplo, estão com apenas 23,01% da sua capacidade.

Como consequência, a conta de luz encarece. Em um ano, o aumento está em 20,09%. Apesar da situação crítica, o ministério de Minas e Energia diz que não trabalha com a hipótese de racionamento, mas prevê um programa de resposta voluntária da demanda dos consumidores regulares, a ser colocado em operação até 1º de setembro.

 

Fonte: CNN

print