Gabriel Jesus marca, City goleia o Arsenal por 5 x 0 e amplia freguesia

O Arsenal foi o clube que mais investiu para a temporada inglesa. Apenas no zagueiro Ben White, gastou R$ 360 milhões para ajustar o setor defensivo. Neste sábado (28/8), a equipe de Londres sofreu sua terceira derrota seguida, desta vez por goleada diante do Manchester City. Com dois gols rápidos, a equipe de Pep Guardiola não teve trabalho para fazer 5 x 0 e ampliar a invencibilidade no confronto para 12 jogos no Campeonato Inglês. São nove vitórias seguidas e 10 na série. Gabriel Jesus deixou sua marca após brilhar, mas passar em branco na partida anterior dos Citizens.

O time do Arsenal entrou no lotado Etihad Stadium confiante em desencantar na temporada e, ao mesmo tempo, acabar com os péssimos resultados diante do City. A última vitória no duelo pelo Inglês ocorreu em dezembro de 2015, com um 2 x 1. Do mais, nove derrotas e dois empates.

O sonho de recuperação durou 11 minutos. Logo aos 7, Gundogan abriu o marcador de cabeça para enorme festa da torcida local. Quatro minutos mais tarde foi a vez de Ferran Torres ampliar para 2 x 0. Mesmo com VAR, o lance não foi impugnado apesar de uma agressão clara na jogada.

Com 2 gols atrás, o Arsenal estava totalmente perdido em campo. A equipe de Mikel Arteta já havia caído diante de Brentford e Chelsea, ambos por 2 x 0, e o trabalho do espanhol começa a sofrer enorme pressão por não dar resultados.

Arteta tinha um dilema no vestiário. Armar a equipe para uma reação ou fechar a casa para evitar um vexame maior? Queria diminuir o placar, mas o retorno foi com os donos da casa massacrando. Rodri logo transformou a vitória em goleada com chute de fora da área. Era um bombardeio, com chances empilhadas e o Arsenal entregue, apenas no campo defensivo.

Guardiola resolveu mexer no time. Com 15 minutos, deu descanso a Bernardo Silva e Gabriel Jesus, lançando Sterling e Mahrez para manter a fome de gols da equipe. O goleiro Leno evitava um massacre maior com defesas difíceis uma atrás da outra. Mesmo diminuindo o ritmo na reta final, o City ainda ampliou com gol de Ferran, de cabeça. Segundo do espanhol no jogo e placar fechado.

O City chega à segunda goleada em série no Campeonato Inglês por 5 x 0, enquanto o Arsenal perde a terceira seguida, com nove gols sofridos e nenhum marcado. A pressão cresce sobre Arteta e respalda no brasileiro Edu Gaspar, diretor do time londrino.

 

Fonte: Metrópoles

print