Taxa de transmissão da Covid-19 ainda está muito elevada no Brasil, avalia infectologista

Em entrevista à CNN Rádio nesta segunda-feira (30), o infecto-pediatra e consultor da Sociedade Brasileira de Infectologia, Marcelo Otsuka, avaliou que a taxa de transmissão do coronavírus ainda é muito alta no Brasil.

Apesar da redução nos números de óbitos e internações, ele destaca que a pandemia preocupa: “Ainda temos uma taxa de transmissão elevada na população e tem o agravante de que muitos indivíduos não são testados adequadamente, podemos ter números até maiores do que são apresentados hoje.”

Na opinião de Otsuka, “não é o momento” de reabertura total e realização de grandes eventos, como se observa em alguns estados. “Temos entre 20 mil e 30 mil infectados por dia, não vemos queda nesse grupo e temos variantes, como a Delta, com mais capacidade de transmissão.”

O infectologista entende que parte da população não entende que é necessário cuidado com a Covid-19, e que podemos observar aqui no Brasil o que já acontece em outros países do mundo que promoveram a reabertura antes da hora, com aumento acelerado de casos.

Marcelo Otsuka reforçou a necessidade da vacinação com duas doses e disse que há “falta de orientação e divulgação da importância” do ciclo vacinal completo das autoridades, que deveriam ter um discurso “de forma uníssona.”

 

Fonte: CNN

print