Homem é preso suspeito de estuprar e manter em cárcere privado adolescente achada seminua, em Anápolis

Um homem de 36 anos foi preso suspeito de estuprar e manter em cárcere privado uma adolescente de 13 anos, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. Segundo a Polícia Militar, a jovem estava desaparecida há 18 dias e foi encontrada seminua e chorando na casa do investigado.

Por não ter a identidade divulgada, o G1 não conseguiu contato com a defesa do suspeito.

A prisão aconteceu na manhã desta quinta-feira (2), em uma chácara entre Anápolis e Goianápolis, onde o homem trabalhava como lavrador. A menina sumiu após sair da casa de uma amiga e entrar no carro do investigado, até então desconhecido. À polícia, o investigado alegou que encontrou a menina durante a noite do último dia 15 de agosto, a chamou para comer um sanduíche e a levou para casa com consentimento.

Aos agentes, a jovem disse que encontrou o suspeito na porta de um supermercado e aceitou o convite para ir à sanduicheria, mas disse que foi levada para a casa do homem e trancada. Ela conta que teve o celular retirado e não tinha nem comida.

No local onde a menina era mantida refém, a polícia confirmou a falta de alimentos na geladeira e diz que as portas estavam trancadas com correntes e cadeados. A casa, localizada no setor Polo Centro, foi identificada pelo 4º Batalhão da PM.

A investigação indica que o homem confessou que mantinha relações sexuais com a garota, o que configura estupro de vulnerável. O suspeito foi levado ao IML para exames e preso em seguida. A jovem também passou por exames e foi acompanhada pelo Conselho Tutelar da cidade.

Homem é preso suspeito de manter adolescente de 13 aos em cárcere privado, em Anápolis  — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Homem é preso suspeito de manter adolescente de 13 aos em cárcere privado, em Anápolis — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

 

Fonte: G1 Goiás

print