Em Brasília, manifestantes tentam furar bloqueio e PM lança bombas

Manifestantes que participam dos atos de 7 de Setembro nesta terça-feira já estão concentrados na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, nesta manhã. Grupos tentaram furar bloqueios feitos pela Polícia Militar (PM), que reagiu com bombas.

Diversos ônibus e manifestantes com bandeiras do Brasil estão nas ruas de Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo desde as primeiras horas desta manhã. Manifestações em outras capitais também estão previstas.

Durante a noite desta segunda-feira (6), os manifestantes favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já estavam no local e chegaram a invadir a Esplanada dos Ministérios.

De acordo com a PM, eles pressionaram para que caminhões pudessem passar pelo bloqueio. A Secretaria de Segurança do Distrito Federal permitiu a passagem de alguns caminhoneiros, junto com manifestantes a pé.

Segundo informações oficiais da assessoria de imprensa da PMDF, os manifestantes favoráveis ao presidente derrubaram uma barreira, que ficava na rodoviária do Plano Piloto. Foi assim que eles conseguiram entrar na Esplanada.

Na noite desta segunda, os manifestantes se concentraram perto do prédio do Itamaraty, que fica próximo do Congresso, na Praça dos Três Poderes. O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, esteve nesta manifestação. Imagens das redes sociais mostram Eduardo Bolsonaro rodeado por pessoas enquanto tiram fotos.

Bolsonaro deve comparecer às manifestações. Em Brasília, o presidente deve participar de um evento de hasteamento da bandeira do Brasil no Palácio da Alvorada e seguirá para os atos na sequência. Também é previsto que Bolsonaro esteja presente nos atos de São Paulo, que acontecem na Avenida Paulista.

 

Fonte: CNN

print