Crise hídrica será preocupação para os próximos anos, diz ministro de Minas e Energia

Bento Albuquerque, o ministro de Minas e Energia do Brasil, afirmou nesta segunda-feira, 6, que a crise hídrica enfrentada pelo país ainda será motivo de preocupação para os brasileiros pelos próximos anos, não devendo acabar com a chegada do período úmido em dezembro de 2021.

Bento evidenciou ainda que no momento, os esforços estarão voltados a uma amenização da crise neste ano, mas que medidas de médio prazo também devem ser tomadas o quanto antes, a fim de que as mesmas questões não se manifestem de uma maneira ainda pior nos anos que ainda virão.

O ministro de Minas e Energia ressaltou que o presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido) está ciente do que vem acontecendo desde o final do ano passado e que foi ele o autor da ideia de promover uma campanha que deverá ser veiculada em televisões, rádios e internet, com vistas a incentivar a redução do consumo.

Após ter sido bastante criticado por especialistas da área que dizem que o governo não adotou a postura necessária para o enfrentamento da crise hídrica no momento certo, Albuquerque procurou ser preciso ao dizer que “as medidas tomadas eram as cabíveis naquele momento”.

 

Fonte: Jornal Opção

print