Pai de Britney Spears entra com petição para encerrar tutela da artista

A luta de Britney Spears para encerrar sua tutela ordenada pela justiça teve uma reviravolta inesperada nesta terça-feira (7), quando seu pai e tutor de sua propriedade, Jamie Spears, entrou com uma petição para encerrar o acordo.

Em um processo judicial obtido pela CNN nesta terça, o pai de Britney citou os apelos de sua filha em duas audiências judiciais separadas durante o verão (no hemisfério norte) em seu pedido para encerrar a tutela de 13 anos.

“Os eventos recentes relacionados a esta tutela colocaram em questão se as circunstâncias mudaram a tal ponto que os fundamentos para o estabelecimento de uma tutela possam não existir mais”, afirma o documento.

“A sra. Spears disse a este tribunal que deseja o controle de sua vida de volta, sem os trilhos de segurança de uma tutela. Ela quer ser capaz de tomar decisões sobre seus próprios cuidados médicos, decidindo quando, onde e com que frequência obter terapia. Ela quer controlar o dinheiro que ganhou com sua carreira e gastá-lo sem supervisão ou monitoramento. Ela quer se casar e ter um filho, se quiser. Em suma, ela quer viver sua vida como quiser, sem as restrições de um tutor ou processo judicial”, diz parte da petição.

“Como o sr. Spears disse repetidamente, tudo o que ele quer é o melhor para sua filha. Se Britney deseja encerrar a tutela e pensa que pode cuidar da própria vida, o sr. Spears acredita que ela deveria ter essa chance”, alega a petição.

CNN entrou em contato com o advogado do cantor, Mathew Rosengart, para comentar.

O pai de Britney Spears, Jamie, atua como tutor do espólio de sua filha desde que foi estabelecido pela justiça em 2009. Ele também era o tutor de sua pessoa, supervisionando sua saúde e problemas médicos até que se afastou em 2019. Foi quando Jodi Montgomery foi nomeada tutora temporária de Spears.

Durante uma audiência em julho, Britney Spears disse que queria apresentar queixa contra seu pai por “abuso de tutela” e chamou o acordo de “maldita crueldade”.

A petição desta terça-feira ocorre depois que Jamie Spears disse em um processo judicial anterior que pretendia deixar o cargo de tutor.

Na semana passada, Rosengart declarou que pediu a Spears que renunciasse imediatamente “antes de ser suspenso”.

Uma audiência previamente agendada sobre o caso está marcada para 29 de setembro.

 

Fonte: CNN

print