Governo de Goiás cria grupo de trabalho para discutir fontes alternativas de energia em Goiás

O governador Ronaldo Caiado e o vice-governador Lincoln Tejota se reuniram, nesta quarta-feira (08/09), com representantes do setor de energia renovável, no Palácio das Esmeraldas.

Participaram da reunião os secretários de Estado, Adriano da Rocha Lima (Governadoria) e Andréa Vulcanis (Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável); e os presidentes do Instituto Nacional de Energia Limpa (Inel), Heber Galarce; e da Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD), Carlos Evangelista, além de membros das diretorias das entidades.

O objetivo do encontro foi tratar do avanço da implementação de fontes alternativas em Goiás. No encontro, foi determinada a criação de um grupo de trabalho para definir os passos necessários para a evolução do tema no Estado.

A discussão acontece em meio à crise hídrica que o Brasil enfrenta, com reservatórios das usinas hidrelétricas operando abaixo da capacidade, o que pode comprometer o fornecimento de energia. Um projeto de lei que cria o marco legal da geração distribuída foi aprovado pela Câmara dos Deputados e agora o texto segue para o Senado.

“Estamos em uma região muito privilegiada, com alta incidência solar, o que favorece a geração de energia fotovoltaica, por exemplo. Com isso, podemos avançar e enfrentar crises hídricas como essa que o País está passando, com o apoio do Estado e de forma definitiva, diminuindo a dependência da energia hidrelétrica”, explicou o vice-governador.

De acordo com Tejota, o grupo de trabalho vai proporcionar “políticas públicas que terão o poder de transformar a vida das pessoas. Tudo isso vai ao encontro das práticas sustentáveis que o mundo todo precisa adotar, como forma de preservar o meio ambiente e tornar mais equilibrada a ação humana”, destacou.

Foto: André Costa

Legenda: O governador Ronaldo Caiado e o vice-governador Lincoln Tejota receberam representantes do setor de energia limpa, nesta quarta-feira (08/09), no Palácio das Esmeraldas. Um grupo de trabalho foi criado para discutir o avanço da área no Estado

 

Fonte: Vice-Governadoria – Governo de Goiás

print