Cinegrafista deixa hospital após ficar mais de 60 dias em UTI e ter 95% dos pulmões comprometidos devido à Covid: ‘Renascimento’

O cinegrafista João Henrique, de 43 anos, deixou o hospital, nesta quinta-feira (9), após ficar internado durante 76 dias, sendo 60 deles em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por causa da Covid-19, em Goiânia. Ele chegou a ter 95% dos pulmões comprometidos e dois Acidentes Vasculares Cerebrais (AVC). João Henrique foi recebido por amigos e familiares com “festa”.

“Para mim, é um renascimento. Só agradecer. Foi muito tempo. Agora, só gratidão mesmo”, disse João Henrique na saída do hospital.

O cinegrafista foi recebido com cartazes, balões brancos e até uma pintura feita por colegas com a sua caricatura. Ele trabalha na TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo, há 13 anos.

print