Met Gala 2021: Alexandria Ocasio-Cortez defende ‘taxar ricos’ em vestido

A congressista dos Estados Unidos Alexandria Ocasio-Cortez participou do Met Gala 2021 na noite desta segunda-feira (13) com uma mensagem aos norte-americanos escrita em vermelho vibrante na parte de trás de seu vestido branco: “Taxem os ricos”.

Em um vestido de alta costura, criado pela marca do estilista do Brooklyn, Brother Vellies, a política de Nova York revelou a declaração, rabiscada em grandes letras nas costas do vestido, enquanto subia os degraus do Metropolitan Museum of Art.

Fazendo sua estreia no Met Gala, Ocasio-Cortez completou o visual com uma única flor rosa presa em seu coque de cabelo.

Falando aos repórteres do evento, ela explicou por que trouxe sua mensagem ao Met Gala, um evento com a presença de muitas das maiores – e mais ricas – estrelas de Hollywood.

“Quando falamos em apoiar as famílias trabalhadoras e quando falamos em ter um código tributário justo, muitas vezes essa conversa está acontecendo entre trabalhadores e classe média [no] plenário do Senado. Acho que é hora de trazer todas as classes para a conversa”, disse a congressista conhecida também como AOC.

A escolha do branco por Ocasio-Cortez ecoa a longa história das congressistas americanas.

Para sua cerimônia de posse em 2019, ela usou um terno branco e revelou no Twitter que era uma homenagem “às mulheres que abriram o caminho antes de mim e a todas as mulheres que ainda virão”.

Ocasio-Cortez foi acompanhada no tapete vermelho pela diretora criativa dos irmãos Vellies, Aurora James, que é conhecida por liderar uma iniciativa conhecida como “Compromisso de 15%”.

A ideia, que começou no Instagram, pede às corporações para se comprometerem com 15% de seu poder de compra para apoiar negócios de propriedade de negros.

Outras manifestações políticas e pelos direitos humanos e das mulheres também já aconteceram no tapete vermelho do Met Gala.

O tema do evento deste ano pega emprestado o conceito da última exposição do museu – “Na América: Um Léxico da Moda”.

Anteriormente, a estrela do futebol Megan Rapinoe foi vista carregando uma carteira onde se lia “In Gay We Trust”, enquanto a colega congressista de Ocasio-Cortez, Carolyn B. Maloney, chegou com um vestido vibrante com os dizeres “direitos iguais para as mulheres”.

No Twitter, Maloney falou sobre seu traje ousado, que celebra a 19ª emenda, garantindo às mulheres o direito de voto. Ela escreveu: “Em todo o país, os direitos das mulheres estão sob ataque.”

“Enquanto o Met Costume Institute reabre [com sua] exposição inaugural em homenagem aos designers americanos, peço a certificação da ERA (Equal Rights Amendment) para que as mulheres possam ser iguais de uma vez por todas”, disse Maloney.

Outras estrelas interpretaram o tema sobre a moda americana prestando homenagem a ícones americanos, lembrando a velha Hollywood e homenageando o caldeirão de culturas diversas do país.

 

Fonte: CNN

print