SpaceX, de Elon Musk, deverá ultrapassar mais uma fronteira do turismo espacial nesta quarta

O turismo espacial irá ultrapassar uma nova fronteira nesta quarta-feira (15), quando um foguete da SpaceX, empresa do bilionário Elon Musk, levará outro “ricaço”, o empresário Jared Isaacman, e mais três civis para a órbita da Terra, onde ficarão cerca de 3 dias dando voltas ao redor do globo.

A missão Inspiration4 da SpaceX é diferente das que fizeram os “rivais” de Musk, Jeff Bezos e Richard Branson – outros dois bilionários que decidiram investir neste ramo. Os voos deles foram do tipo suborbital e duraram menos de 1 hora. O da Space X será orbital.

Outra diferença é que Bezos e Branson estavam a bordo, mas Musk não será tripulante de sua nave. Além das 4 pessoas a bordo, a cápsula carregará itens curiosos que depois serão vendidos em um leilão beneficente, como uma versão inédita da música “Time in disguise”, do King of Leons.

Saiba tudo sobre a viagem da SpaceX — Foto: Kayan Albertin e Sávio Ladeira/G1

Saiba tudo sobre a viagem da SpaceX — Foto: Kayan Albertin e Sávio Ladeira/G1

SpaceX vs Bezos vs Branson

 

Da dir para a esq: Jeff Bezos, Richard Branson e Elon Musk fizeram fortuna em outros ramos, como a indústria da música e a internet, e querem ser os primeiros a mandar turistas ao espaço — Foto: Getty Images

Da dir para a esq: Jeff Bezos, Richard Branson e Elon Musk fizeram fortuna em outros ramos, como a indústria da música e a internet, e querem ser os primeiros a mandar turistas ao espaço — Foto: Getty Images

Os bilionários estão de olho no turismo espacial. Em julho, Richard Branson, da Virgin Galactic, fez um voo de 20 minutos em uma nave que era um misto de avião com foguete, superando 80 km de altitude, o suficiente para ser considerado pioneiro no ramo.

print