Bolsonaro escapa pela porta dos fundos e visita Roma com filho Carlos

Enviado especial a Roma — Em Roma para participar da reunião anual do G20, o presidente Jair Bolsonaro deu uma escapada e fez um passeio por alguns pontos turísticos da capital italiana, na tarde desta sexta-feira (29/10), fim da manhã no Brasil.

Para despistar a imprensa, Bolsonaro deixou a Embaixada do Brasil na Itália, onde está hospedado, pela porta dos fundos e percorreu ruas e vielas de Roma a pé.

O primeiro ponto visitado pelo atual chefe do Palácio do do Planalto foi a praça do Campo de Fiori, que fica ao lado da Embaixada. De lá, seguiu para o Panteão e, depois, para a Fontana di Trevi.

O presidente fez o passeio acompanhado do vereador Carlos Bolsonaro, único dos filhos a acompanhar o pai na viagem à Itália; do embaixador do Brasil na França, Luís Fernando Serra; e do ministro da Cidadania, João Roma.

No meio do passeio, o grupo parou numa salumeria, chamada Antica, para comer. Em conversa com jornalistas, Serra contou que eles experimentaram copa lombo e queijo pecorino trufado. “O presidente gostou muito”, relatou o diplomata, sobre o queijo trufado.

Salumeria ou charcuteria é um tipo de comércio muito comum na Itália e na Espanha, que vende carne curada, principalmente de porco, além de queijos e patês.

Bolsonaro comeu as iguarias acompanhado de um refrigerante. Segundo o embaixador, o presidente recusou uma dose de grappa, tradicional bebida alcoólica italiana.

Serra contou ainda que, ao saberem que se tratava do presidente brasileiro, os donos da salumeria ofertaram as comidas e bebidas de graça.

Do passeio, Bolsonaro retornou para a embaixada para participar de briefing com auxiliares para o encontro bilateral que terá na noite desta sexta, tarde no Brasil, com o presidente da Itália, Sergio Matarella.

Fonte: Metropoles.

print