Jovem é preso e confessa ter espancado pai até a morte durante briga em Águas Lindas de Goiás, diz polícia

Um rapaz de 21 anos foi preso suspeito de matar o pai, 51, espancado em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. Segundo registro da Polícia Civil, o jovem parecia estar nervoso, tinha escoriações no corpo, começou contando histórias confusas, mas acabou confessando que cometeu o crime durante uma briga.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados pela corporação, por isso a reportagem não conseguiu descobrir quem representa o jovem preso para pedir uma posição sobre o caso.

Segundo o registro consta que uma equipe da Polícia Militar foi chamada à casa onde a vítima morava, no Setor Jardim Santa Lúcia, na manhã de quarta-feira (27). Chegando ao endereço, eles encontraram o homem na sala e chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (Samu), que constatou a morte dele.

De acordo com a Polícia Civil, os PMs notaram que a vítima tinha um corte profundo na cabeça, mas que o filho disse não ter usado nenhum objeto para agredir o pai, apenas a força física. Os policiais também não encontraram nada que pudesse causar o ferimento.

Foi registrado ainda que havia sinais de luta na casa, como “objetos espalhados pelo chão, além de marcas de sangue na cama do quarto”.

Conforme o relato policial, o jovem contou que o pai tinha problemas com alcoolismo e que eles sempre discutiam ou brigavam.

Também durante as buscas na casa, os policiais encontraram uma idosa de 97 anos em um quarto – identificada como a mãe da vítima. De acordo com o registro da Polícia Civil, a mulher estava em estado de choque e não conseguia conversar.

Não há registro sobre qual atendimento foi prestado à idosa e nem se outros familiares apareceram no local.

A Polícia Civil de Águas Lindas de Goiás deve investigar o caso.

Fonte: G1 Goiás.

print