Mulher que perdeu o útero vai realizar o sonho de ser mãe com barriga solidária da irmã

Uma mulher está sendo a barriga solidária da própria irmã que teve que tirar o útero após uma infecção, em Nerópolis, na Região Metropolitana da capital. O sonho de ser mãe da auxiliar administrativa Gessiara Rodrigues de Oliveira, de 37 anos, já está sendo realizado e virá de forma dupla. Os gêmeos, Maria Cecília e Matheus, que estão sendo gerados pela irmã dela, Janaina Rodrigues de Oliveira, de 39 anos, vão nascer em novembro. Ela agradeceu o ato de amor da irmã.

“Ela [irmã] largou da vida dela para realizar meu sonho. Eu faria o mesmo por ela. Se não fosse por ela, eu não ia sentir o amor de mãe que eu tenho vontade de sentir”, disse a auxiliar administrativa.

A Gessiara e o esposo, Romario Reis de Sousa, 31, que estão casados há três anos, sempre sonharam em ter filhos, mas a notícia de que uma gestação não seria possível acabou substituindo o sentimento em uma imensa tristeza.

“Sofri depois que casei. Principalmente depois que casei. Eu sabia que um casal sempre tinha filho. Eu falava para o Romario, mas ele nunca me cobrou. Desde quando a gente começou a namorar, ele sabia do meu problema de não poder ter filho”, contou.

Cinco anos antes do casal se conhecer, Gessiara passou por complicações em uma gravidez, que terminou em um aborto espontâneo. Com isso, os médicos tiveram de retirar o útero dela, limitando também um dos maiores anseios dela – a gestação. “Eles tiraram meu útero, fiquei com meus dois ovários”.

Emocionado, o esposo contou que também sempre sonhou em ser pai, mas, para não causar ainda mais sofrimento para a mulher, ele não comentava, guardando o sentimento para si.

Fonte: G1 Goiás.

print