Após G20, Bolsonaro visita cidade na Itália onde seu bisavô nasceu

Enviado especial a Anguillara Vêneta – Após três dias em Roma para participar da cúpula de líderes do G20, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) visita, nesta segunda-feira (1º/11), o município de Anguillara Vêneta, no norte da Itália. A cidade teria sido o local de nascimento do seu bisavô paterno.

No município, Bolsonaro se encontrará com a prefeita Alessandra Buoso, que é de um partido de extrema direita. Das mãos dela, o chefe do Palácio do Planalto receberá o título de cidadão honorário de Anguillara, aprovado pela câmara municipal.

Ainda na localidade, o presidente brasileiro almoçará com a prefeita e com integrantes da família Bolsonaro que moram na região. A prefeita também deve mostrar ao mandatário registros civis de ancestrais dele que nasceram em Anguillara.

De lá, o presidente segue, à tarde, para a província de Pádua, a cerca de 40 quilômetros de Anguillara. Está prevista uma visita do chefe do Planalto à tradicional Basílica de Santo Antônio de Pádua, onde deverá ver registros de nascimento de seu bisavô.

Com a previsão de protestos contra Bolsonaro, a visita dele às duas cidades italianas ocorrerão sob forte esquema de segurança. A polícia de Pádua, por exemplo, informou que fechará o tráfego de todas as ruas que levam à Basílica de Santo Antônio.

Fonte: Metropoles.

print