Youtube já removeu 34 vídeos de Bolsonaro; 33 por informações falsas sobre a pandemia

Youtube já removeu 34 vídeos de Bolsonaro (sem partido), sendo 33 por informações falsas sobre a pandemia da Covid-19. O levantamento foi feito pelo portal Metrópoles.

Todas os vídeos são deste ano. O primeiro deles em 19 de abril e o último de 25 de outubro, segunda-feira passada da semana passada. Este é referente a live de quinta-feira (21), quando o presidente associou a vacinação contra da Covid à Aids – Instagram e Facebook também tiraram esse conteúdo do ar.

Segundo o Youtube, o site usa a tecnologia de machine learning para ajudar a detectar conteúdo potencialmente violador e enviá-lo para análise humana – cerca de 10 mil pessoas atuam nesse setor. A plataforma informou, ainda, que se esforça “o máximo para garantir que o conteúdo que viole nossas regras não seja amplamente exibido, ou mesmo visualizado, antes de ser removido”.

print