Secretário de Aparecida é investigado por superfaturamento em prestação de serviço no HMAP

Um secretário de Aparecida de Goiânia é investigado por suposto envolvimento em esquema de direcionamento de contratação de serviço terceirizado para o Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (HMAP). Ele, que não teve a identidade divulgada, também é suspeito de atuar com superfaturamento de contratos estabelecidos pelo município.

A Polícia Civil de Goiás cumpriu três mandados de busca e apreensão na manhã desta quarta-feira (4) na residência do gestor público, nas Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia e no mencionado hospital.

Operação

As ações fazem parte da segunda fase da Operação Falso Positivo, da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap), que apura direcionamento da contratação de um laboratório pela prefeitura de Aparecida de Goiânia, por meio do Instituto Brasileiro de Gestão Hospitalar (IBGH), que presta serviço à Saúde do município.

A investigação apura também se houve superfaturamento na prestação do serviço, emissão de notas fiscais de exames laboratoriais sem a efetiva prestação do serviço e de notas que podem ter sido pagas indevidamente pela prefeitura de Aparecida. A operação também recai sobre participação de servidores públicos da prefeitura de Aparecida de Goiânia.

Fonte: Mais Goiás.

print