Prevista para chegar aos R$ 10, valor da gasolina criará confusão com decimais. Entenda

A previsão é que no próximo ano o preço da gasolina chegue à custar R$ 10 nos postos de combustíveis. E como, por norma, os estabelecimentos exibem três casas decimais, a Agência Nacional do Petróleo (ANP) estuda alterar para apenas duas casas decimais, para evitar confusão e mais custos aos estabelecimentos.

Com a mudança da regra, os postos de combustíveis continuaram utilizando as mesmas bombas sem a necessidade de trocá-las para ganhar mais um zero. Assim podendo mostrar o litro da gasolina a R$ 10.

Com o preço subindo constantemente, o display de preço por litro da maioria das bombas tornou-se um problema de espaço para adequar a quatro caracteres. Dessa maneira, seria impossível alocar os dois dígitos antes da vírgula e outros três após. Para a Fecombustíveis, 41 mil postos no Brasil teriam que trocar as bombas.

A regulamentação do órgão começou a valer 180 dias após a publicação da nova resolução, que aconteceu na última sexta-feira (05/11). Assim, a exibição dos preços só vai mudar a partir de maio de 2022.

Fonte: O Hoje

print