“Não tenho dinheiro pra comer”: chorando, homem pede ajuda no meio da rua com megafone

Em um momento de desespero, um homem usou um megafone no meio da rua para pedir ajuda para se alimentar. Ocaso ocorreu neste domingo (14), no bairro Belvedere, em Bela Horizonte, Minas Gerais.

As informações são do jornal O Tempo. Aos prantos, o indivíduo que aparenta ter cerca de 40 anos diz que teve o fornecimento de água cortado por falta de pagamento. Ele afirma que só estava tomando banho graças a um vizinho, que disponibilizou uma mangueira que fica dependurada nos muros da casa.

O homem, que se diz “muito obeso” e que estaria desempregado há 10 meses ainda diz que só precisa de ajuda, pois não teria dinheiro nem para se alimentar. “É tudo que eu preciso, de ajuda. Só quero um pouquinho, caral***. Não tenho dinheiro para comer”.

Populares que passavam pela rua no momento pararam para ajudá-lo com doações. Pelo megafone, o homem agradeci a ajuda.

“É fome, por favor!”, gritava um rapaz em Brasília em outro caso que viralizou

Também neste mês de novembro, um outro caso de pedido de ajuda no meio da rua viralizou. Um homem foi flagrado em uma rua de Brasília implorando por ajuda para comer. “É fome, por favor! É fome!”, gritava o rapaz, identificado como Marcos.

Em entrevista a um jornalista que filmou o momento, Marcos contou que mora em Goiás, mas que toda semana ia a Brasília pedir alimentos, pois está desempegado. O homem é casado e tem seis filhos.

Fonte: Mais Goiás.
print