Polícia prende bando que invadiu conta de idosa e furtou R$ 400 mil

Uma quadrilha de fraudadores, que atua em diversos estados, foi presa na manhã desta sexta-feira (19/11) por policiais da Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, a Ordem Tributária e a Fraude (Corf). A ação foi coordenada e contou com apoio das polícias civis do Rio de Janeiro (PCERJ) e do Ceará (PCCE).

Foram cumpridas nove prisões temporárias e 12 mandados de busca e apreensão. Cinco pessoas foram detidas em Fortaleza, três no Rio e uma em Planaltina de Goiás.

Segundo as investigações, os autores invadiram a conta de uma idosa, moradora do Distrito Federal, e transferiram R$ 400 mil para contas bancárias das capitais cearense e fluminense, e em Planaltina de Goiás (GO). São cumpridas nove prisões temporárias e 12 mandados de busca e apreensão. Os presos serão autuados por crime de furto mediante fraude.

A idosa do DF foi vítima do golpe em julho deste ano, quando os criminosos invadiram a conta bancária dela, contraíram empréstimo e realizaram, incialmente, transferências de valores para várias contas, tanto de empresas fictícias quanto de pessoas físicas. Os autores também utilizaram máquinas de crédito e débito para distribuir o dinheiro subtraído.

No Rio e em Fortaleza, segundo a investigação, atuam facções criminosas. Até a última atualização desta reportagem, 10 pessoas foram identificadas como integrantes desta organização. Se condenado, o bando pode pegar até 26 anos de reclusão.

Fonte: Metropoles
print