Chuva deve persistir em grande parte de Minas Gerais nesta segunda

As chuvas – que assolam Minas Gerais há dias provocando desabamentos, alagamentos e outras formas de estrago – devem persistir na maior parte do estado nesta segunda-feira (10).

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão é de céu encoberto com pancadas de chuva, por vezes forte, nas regiões Noroeste, Central Mineira, Oeste, Metropolitana, Rio Doce e Zona da Mata.

A previsão é a mesma para a cidade de Belo Horizonte.

Até às 06h desta segunda (10), as condições climáticas na região da Pampulha, na capital mineira, registravam chuva de 6,4 mm, umidade de 93%, enquanto os termômetros marcavam 19,3ºC, com sensação térmica de 20,3ºC.

Está em vigor um alerta meteorológico do Inmet, até às 11h desta segunda (10), para chuva superior a 60 mm por hora ou acima de 100 mm por dia. O Instituto aponta o risco de alagamentos e transbordamento de rios, e grandes deslizamentos de encostas.

O alerta afeta as áreas do Triângulo Mineiro, Central Mineira, Zona da Mata, Vale do Rio Doce, Oeste de Minas, Campo das Vertentes, Sul/Sudoeste de Minas, Região Metropolitana de Belo Horizonte, Jequitinhonha, Vale do Mucuri, Norte de Minas e Noroeste de Minas.

Em nota, o 5º Distrito de Meteorologia do Inmet, em Minas Gerais, explica que há atuação da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) na região – “fenômeno que tem como característica a persistência de uma faixa de nuvens praticamente estacionada, provocando muita chuva sobre as mesmas áreas”.

O Inmet acredita que esse fenômeno persista pelo menos até terça-feira (11).

A média de chuvas para o mês de janeiro em Belo Horizonte, de acordo com a série histórica do Inmet, é de 329,1 mm. Em janeiro de 2022, entre os dias 1 e a manhã do domingo, dia 9, Belo Horizonte já acumulou 344,1 mm – dos quais 246,9 mm aconteceram nos últimos quatro dias.

A classificação do Inmet considera chuva “muito forte” a partir de 30 mm de precipitação.

Segundo a Climatempo, a previsão é que ainda chova cerca de 100 mm em Belo Horizonte até o dia 13 de janeiro.

Previsão para o resto do Brasil

Ainda de acordo com a Climatempo, há atenção para chuva intensa em muitos estados do Sudeste, Centro-Oeste e Norte do Brasil.

“Não se descarta o risco de chuva forte inclusive no oeste da Bahia, no Piauí e no Maranhão. Temporais são previstos também sobre áreas do Rio De Janeiro, norte paulista, Goiás, DF e Mato Grosso.”, informa a Climatempo.

Na região da capital de São Paulo, o dia será marcado por aberturas de sol entre muitas nuvens, com possibilidade de chuva moderada entre a tarde e a noite.

Enquanto maior parte do país registra chuvas, o Rio Grande do Sul se destaca pelo ar seco e quente. A Climatempo explica que um bloqueio atmosférico impede o avanço de frentes frias, deixando o estado ensolarado nos próximos dias com temperaturas em ascensão.

Fonte: CNN Brasil.

print