No DF, 90% dos hospitalizados não iniciaram nem completaram ciclo vacinal

No Distrito Federal, cerca de 90% dos internados com covid-19 não iniciaram ou não completaram o ciclo vacinal contra a doença. A informação foi divulgada pelo governador em exercício Paco Britto (Avante) durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira (12/1).

“Em torno de 90% dos infectados não tomaram a primeira dose ou não concluíram o ciclo completo”, frisou. Paco fez um apelo para que quem ainda não se vacinou procure um dos pontos de atendimento. “Vacina boa é vacina no braço”, completou.

O secretário de Saúde, Manoel Pafiadache, também presente na coletiva, afirmou que o número é preocupante, mas destacou que a pasta busca por esses não-vacinados. Em relação ao aumento de casos, o secretário afirmou que o pico era esperado devido à variante ômicron e que não há iminência de um colapso da rede de saúde.

A coletiva foi realizada no Palácio do Buriti a fim de tratar do combate à pandemia e da vacinação de crianças de 5 a 11 anos, prevista para ter início no domingo (16/1).

Covid-19

Segundo informações do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Saúde (SES-DF), 4.220 novos casos da covid-19 foram notificados nesta terça-feira (11/1). A taxa de transmissão do novo coronavírus chegou a 2,06. O número demonstra que um grupo de 100 pessoas pode infectar outras 206. De acordo com a última atualização da secretaria, a taxa estava em 2,01. Vale ressaltar que o índice acima de 1 demonstra que a pandemia está fora de controle.

Desta forma, o total de infectados na capital federal alcançou 531.911 mil diagnósticos positivos. Desde o início da pandemia, a pasta contabiliza que 470,5 mil são moradores do DF, 30 mil de Goiás, 6,9 mil de outros estados e 24,3 mil estão em investigação.

Fonte: Correio Brasiliense.

print