Prefeitura de Goiânia proíbe grandes shows, eventos, baladas e cancela carnaval

Para combater o avanço da variante ômicron do novo Coronavírus na Capital, a Prefeitura de Goiânia decidiu proibir a realização do carnaval, além da realização de grandes shows, eventos e baladas. As restrições fazem parte do novo decreto anunciado pelo prefeito Rogério Cruz (Republicanos) no final da tarde desta segunda-feira, 17.

Além das proibições, o decreto também impõe restrições no funcionamento de bares, restaurantes, lanchonetes, shoppings, cinemas, academias, entre outras atividades comerciais do município. O documento mexe ainda no funcionamento do Zoológico e do Mutirama, além das instituições religiosas da Capital.

Confira o que muda com o decreto da Prefeitura de Goiânia:

Bares, restaurantes, lanchonetes, pit-dogs, food trucks, casas de espetáculo, boates e congêneres:
– Distância de 1,5 metro entre as mesas
– Limitação de 50% da capacidade do local
– Máximo de 500 pessoas
– Não é permitido pessoas em pé
– Vedado uso de pista de dança
– Consumo de alimentos e bebidas exclusivamente sentados à mesa
Shoppings, igrejas, academias, quadras e ginásios, salões de beleza, barbearias, Mercado Popular, Zoológico, Mutirama, cinemcas, teatros e circos:
– 50% da capacidade do local Eventos sociais e coorporativos:
– Limitação de 50% da capacidade do local
– Máximo de 500 pessoas
– Não é permitido pessoas em pé
*Eventos programados mediante aceitação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS)

Proibição:
– Carnaval
– Grandes shows e eventos
– Baladas

Fonte: Poder Goiás.

print