A pergunta que Bolsonaro faz e a pergunta que ele não responde

O Congresso mandou para o governo um projeto com previsão de R$ 1,74 bilhão para aumento salarial de policiais federais, rodoviários federais e agentes penitenciários. Atendeu a um pedido do presidente Jair Bolsonaro. Então os demais servidores públicos passaram a cobrar o mesmo benefício.

Em entrevista, ontem à noite, Bolsonaro comentou:

“A gente pode fazer justiça com três categorias. Não vai fazer justiça com as demais, sei disso. Fica aquela velha pergunta a todos: vamos salvar três categorias ou vai todo mundo sofrer no corrente ano?”

A pergunta que Bolsonaro não faz e se recusa a responder: por que escolheu beneficiar essas três categorias e não outras? A resposta certa que ele esconde: porque elas votaram nele em 2018 e estão dispostas a votar de novo. Como o Orçamento não permite aumento para todos, ele quer privilegiar os seus.

Se o fizer vai arranjar uma encrenca grande com os demais servidores, parte dos quais também votou nele. Deve estar fazendo contas para saber de que lado perderá mais votos.

Fonte: Metrópoles.

print