Formações de gelo misteriosas são vistas nos EUA em meio a baixas temperaturas

Você já ouviu falar de nevascas e talvez até de vórtices polares, mas já ouviu falar de panquecas de gelo? E quanto a mordidas de gelo ou congestionamento de gelo? Esses nomes únicos parecem fascinantes, mas exigem condições climáticas específicas.

Esta semana panquecas de gelo foram encontradas ao longo da costa do Lago Michigan em Chicago, nos Estados Unidos.

As fotos de Sharan Banagiri foram tiradas em Loyola Beach, no Rogers Park, a cerca de 16 quilômetros ao norte do centro da cidade. Banagiri disse à CNN que os registros foram feitos em uma passarela a caminho de um farol. Ele observou que a temperatura no momento em que as fotos foram tiradas estava em torno de -6ºC.

A cobertura de gelo dos Grandes Lagos está atualmente em 21,9%, que é a mais alta (empatada com 2019) para esta data nos últimos seis anos. O Lago Michigan também está pairando em torno de 20% de cobertura de gelo, perto da média até o momento.

Nesta época do ano, por causa das temperaturas frias em grande parte do norte dos Estados Unidos com o inverno, surgem peculiaridades como panquecas de gelo, mordidas de gelo e bolas de gelo.

As panquecas de gelo, muito parecidas com seu homônimo, parecem exatamente como você acha que seriam – discos redondos e planos feitos de gelo. Eles são comuns no Ártico, mas normalmente só começam a aparecer em alguns estados norte-americanos quando as temperaturas ficam bem abaixo de zero por vários dias.

 

O fenômeno é limitado estritamente a corpos d’água, como rios, lagos ou oceanos.

Uma vez que esses corpos de água estejam frios o suficiente, os pedaços de gelo que começaram a se formar vão bater uns contra os outros formando discos de formato elíptico com bordas arredondadas.

“Uma característica das panquecas de gelo são as bordas ou sulcos elevados no perímetro, causados ​​pelas panquecas que se chocam com as ondas do oceano”, explica o Centro Nacional de Dados de Neve e Gelo.

Ryan Alioto também aproveitou as temperaturas frias que se deslocam pela região dos Grandes Lagos, tirando fotos e vídeos com seu drone na quinta-feira (20), enquanto sobrevoava o Lago Michigan, em Chicago. Ele disse à CNN que, no momento em que fez a filmagem, a temperatura estava em torno de -8ºC.

Outros fenômenos como bolas de gelo, congestionamentos de gelo e até mordidas de gelo também podem ser vistos dentro e ao longo dos Grandes Lagos durante os meses de inverno.

Fonte: CNN Brasil.

print