Suspensão das atividades presenciais foi prorrogada pelo TRT-GO

O Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT-GO) prorrogou para até o dia 28 de fevereiro a portaria assinada no dia 18 de janeiro, que suspendeu as atividades presenciais devido ao aumento de casos de Covid-19.

Em nova portaria assinada na última sexta-feira (28/1), o Tribunal prorroga os efeitos da suspensão, segundo decisão por essa medida foi tomada em reunião do Comitê de Retomada dos Serviços Presenciais e levou em consideração dados sobre a velocidade de contágio de Covid-19, que ainda apresenta números elevados.

A portaria mantém recomendação aos magistrados no sentido de que as audiências presenciais já designadas para o período devem ser convertidas em telepresenciais ou, no caso de impossibilidade, adiadas, ocasião em que será observada a etapa atualmente vigente na respectiva unidade.

A portaria também atualizou as etapas de retomada de serviços presenciais vigentes em cada cidade-sede do Estado, tendo em vista alterações no Mapa de Riscos emitido pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Goiás (SES-GO), regredindo seis cidades para a Etapa Vermelha, incluindo a cidade de Goiânia, dentre outras alterações. No entanto, todas as unidades permanecem com as atividades presenciais suspensas até 28 de fevereiro.

O atendimento ao público nesse período continuará a ser feito por e-mail, telefone ou Balcão Virtual, os quais encontram-se disponíveis na aba ‘Contato’ do site do TRT. No Balcão Virtual, o usuário é atendido via videoconferência, podendo ver e falar com um atendente da Vara do Trabalho ou de outra unidade pela qual deseja ser atendido.

Fonte: Poder Goiás.

print