Homem mata a esposa e avisa o filho via WhatsApp, em Anápolis

Um homem, de 56 anos, foi preso suspeito de matar a esposa, de 53, a facadas, em Anápolis. Crime ocorreu na madrugada deste sábado (05/02). De acordo com a Polícia Militar (PM), ele teria confessado o crime para o filho, 35, via WhatsApp.

De acordo com o boletim de ocorrência, o casal estava junto há 40 anos. Aos policiais, ele alegou que era constantemente desprezado por Lázara Cristina Batista de Souza e que, após uma discussão, a mulher teria dito que iria trocá-lo por um homem mais jovem. Neste momento, ele teria ficado com ciúmes e atacado a mulher.

Após mensagens de WhatsApp, filho tentou socorrer a mãe

A vítima foi atingida com diversas facadas e ficou caída no banheiro. Após o crime, o homem enviou mensagens para o filho contando o que teria acontecido.

Ao chegar no local, o filho encontrou a mãe no cômodo muito ferida. Ele acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas a equipe apenas constatou a morte da mulher.

Homem que matou esposa tinha três armas em casa

O homem foi preso em flagrante. A arma utilizada no crime, uma faca do tipo peixeira, também foi localizada. Na casa, os policiais encontraram dois revólveres e uma espingarda, ambas de calibre 38. Além disso, munições de diversos calibres foram apreendidas. Aos policiais, o homem relatou que as armas possuem registros, mas que estavam vencidos.

O suspeito foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), onde foi submetido ao exame de corpo de delito. Posteriormente, ele foi levado para a Central de Flagrantes, onde foi atuado por feminicídio.

Fonte: Mais Goiás.

print