GO: auditor fiscal da Receita Estadual é preso suspeito de corrupção

Goiânia – A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap-GO) desencadeou a Operação Fake Fine e prendeu preventivamente um auditor fiscal, de 46 anos, nessa segunda-feira (18/4), na capital goiana, suspeito de corrupção.

Segundo a polícia, o servidor, no exercício das funções fiscalizatórias, solicitou o pagamento de quantias em dinheiro para um contribuinte prometendo destruir um termo de apreensão lavrado pelo transporte de um lote de gado.

As investigações apontam que o próprio termo de apreensão foi lavrado por motivos inidôneos, após a inclusão de informações falsas pelo servidor da Receita no documento.

Além do mandado de prisão, o homem, que não teve a identidade revelada, foi alvo de mandado de busca e apreensão e de afastamento cautelar de função pública expedidos pela Vara Criminal de Urutaí, município localizado a 168 km de Goiânia, onde teriam ocorrido os crimes.

Foram apreendidos aparelhos eletrônicos e documentos relacionados aos supostos delitos. As investigações continuam em busca de outros atos de corrupção, além de outros possíveis participantes. O auditor fiscal deve responder por corrupção passiva e falsidade ideológica.

 

Fonte: Metrópoles.

print