Partes do mundo caminham para um apocalipse de insetos, sugere estudo

O uso extremo da terra combinado com o aquecimento das temperaturas estão levando os ecossistemas de insetos ao colapso em algumas partes do mundo, relataram cientistas nesta quarta-feira (20).

O estudo, publicado na revista Nature, identificou pela primeira vez uma ligação clara e alarmante entre a crise climática e a agricultura intensiva e mostrou que, em locais onde esses impactos são particularmente altos, a abundância de insetos já caiu quase 50%, enquanto o número de espécies foi reduzido em 27%.

Essas descobertas levantam grandes preocupações, de acordo com Charlotte Outhwaite, principal autora do estudo e pesquisadora da University College London, dado o importante papel dos insetos nos ecossistemas locais, polinização e produção de alimentos, e observou que a perda de insetos pode ameaçar a saúde humana e segurança alimentar.

print