Enel pode ser vendida por 5 vezes o valor que Estado entregou a Celg-D

Vendida em 2016 na gestão do então governador Marconi Perillo (PSDB), a Celg-D, atual Enel Goiás, está em negociação por um valor de 2 bilhões de dólares, o que equivale a R$ 10 bilhões de reais, cinco vezes o valor recebido pelo Estado à época. A informação é da Reuters.

A companhia atende atualmente 3,27 milhões de clientes e algumas empresas estão interessadas na operação: CPFL Energia, controlada pela State Grid Corporation of China, a Neoenergia, controlada pela espanhola Iberdrola, e a EDP Brasil, da qual a portuguesa EDP é a maior acionista.

A atual controladora italiana pagou na estatal R$ 2,187 bilhões, em 2016. Apesar da valorização após a privatização, há dívidas que podem fazer o valor cair para R$5 bilhões e dificuldades em cumprir metas no Estado.

 

Fonte: Poder Goiás.

print