Médico atende pacientes à luz de velas por falta de energia em hospital de Niquelândia

O médico Américo Lúcio Neto atendeu pacientes à luz de velas na noite de segunda-feira (25) por falta de energia no Hospital Santa Marta, o único privado de Niquelândia, no norte de Goiás. A diretora-administrativa da unidade médica, Maria Aparecida Arruda, disse que a energia elétrica acabou às 14h de segunda e não voltou até as 12h desta terça-feira (26).

“Eu fiz plantão a noite à luz de velas. Estamos com gestantes e pacientes internados. Não podemos ficar sem energia.Temos um transformador, mas funciona apenas para o centro cirúrgico”, desabafou o médico.

Médico atende pacientes à luz de velas por falta de energia em hospital de Niquelândia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Médico atende pacientes à luz de velas por falta de energia em hospital de Niquelândia, Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

A diretora-administrativa do hospital contou que a concessionária levou um gerador portátil de energia para atender a unidade momentaneamente, mas não resolveu.

“Chegou, mas não resolveu nosso problema porque a energia que está chegando é bem acima da voltagem dos nossos aparelhos. Chega mais de 300 volts, enquanto nossos equipamentos aceitam 220 volts”, explicou Maria Arruda.

A distribuidora de energia Enel informou em nota que as esquipes estão trocando o transformador da região nesta terça-feira. A empresa avaliou que é preciso aumentar a capacidade do transformador para reduzir o risco de falhas.

A empresa reforçou ainda que, conforme a legislação, toda unidade de saúde precisa ter disponíveis geradores de energia para operar em casos de emergência.

Segundo a diretora, o hospital continua aberto para atender pacientes, mas não tem como fazer exames de raios-x e eletrocardiograma, por exemplo, pela falta de energia.

Fonte: Portal g1 Goiás.

print