Polícia faz operação na Grande Goiânia contra grupo suspeito de se passar por autoridades de SC para aplicar golpes

A Polícia Civil cumpre na manhã desta quarta-feira (27) mandados de prisão e busca e apreensão na Grande Goiânia contra suspeitos de se passar por autoridades do estado de Santa Catarina para cometer golpes. As investigações apontaram que os crimes eram cometidos por meio de aplicativo de mensagens.

Ao todo, 14 mandados de busca e apreensão e oito de prisão preventiva estão sendo cumpridos em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Senador Canedo, Trindade e Abadia de Goiás.

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados, por isso, o g1 não conseguiu localizar a defesa deles até a última atualização desta reportagem.

A operação é realizada pela Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), de Santa Catarina e pela Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) de Goiás.

De acordo com informações preliminares da PC, o grupo se passava pelas autoridades para obter vantagens de maneira ilegal por meio de aplicativos de mensagens.

g1 entrou em contato com a Polícia Civil, por mensagem de texto, às 7h47 desta quarta-feira (27), a fim de saber detalhes da operação, como, por exemplo, quais crimes eram praticados e por quais autoridades os suspeitos se passavam, e aguarda retorno.

Operação cumpre mandados contra suspeitos de se passar por autoridades do estado de SC para cometer estelionatos, em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Operação cumpre mandados contra suspeitos de se passar por autoridades do estado de SC para cometer estelionatos, em Goiás — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

 

Fonte: Portal g1 Goiás.

print