Etanol ou gasolina? Álcool é vantajoso em só 4 cidades do país pesquisadas pela ANP; veja como calcular

ANP pesquisou dados dos dois combustíveis em 418 municípios entre os dias 17 e 23 de abril. Uso do etanol é vantajoso em relação à gasolina quando o preço nas bombas representa menos de 70% do valor da gasolina.

O preço da gasolina disparou nas bombas e chega a ser encontrado a R$ 8,599 o litro, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Mesmo assim, o combustível vale mais a pena que o etanol em praticamente todo o país.

Dados da ANP compilados pelo g1 mostram que, entre os 418 municípios do país onde foram coletados dados dos dois combustíveis, em apenas 4 é mais vantajoso abastecer com álcool – todos eles em Goiás:

  • Trindade
  • Morrinhos
  • Águas Lindas de Goiás
  • Aparecida de Goiânia

 

Mas, na média dos estados, em nenhum deles o etanol vale a pena.

A vantagem do etanol é calculada considerando que o biocombustível tem, em média, 70% do poder calorífico da gasolinaAssim, para saber se o etanol mais é vantajoso ou não, basta multiplicar o valor do litro da gasolina por 0,7. Se o valor resultante for menor que o do litro do etanol, é melhor abastecer com gasolina. Se for maior, o etanol é a melhor opção.

Em outras palavras, se o preço do álcool for menor que 70% do preço da gasolina, o primeiro vale mais a pena. Se for maior, a gasolina deve ser escolhida. (veja ao final da reportagem mais explicações sobre como fazer a conta).

Em todos os estados e no Distrito Federal, o preço médio da gasolina foi mais competitivo do que do etanolVeja quadro abaixo:

Na média dos mais de mais de 4 mil postos pesquisados em todo o país pela ANP, o preço do litro do etanol representou 75,6% do valor da gasolina, o que representa vantagem para esta última. Importante lembrar, porém, que essa relação varia muito entre os postos e entre as cidades– portanto, é preciso pesquisar.

Para onde vão os preços?

 

expectativa é que o preço do etanol possa cair nos próximos meses por conta da nova safra de cana, que começa em abril.

Nas últimas semanas, os preços da gasolina e do diesel tiveram um forte aumento nos postos no país após o duro reajuste anunciado pela Petrobras no dia 18 de março nos valores dos combustíveis nas refinarias.

Vale lembrar que o preço da gasolina para o consumidor depende também do preço do petróleo e do câmbio, uma vez que desde 2016 a Petrobras adotou a chama de paridade internacional, repassando, repassando as altas do petróleo no mercado internacional para o valor cobrado em suas refinarias.

O preço do etanol tem reflexos também no preço da gasolina, já que o combustível possui um percentual obrigatório de 27% de etanol anidro na mistura da gasolina vendida nos postos.

Etanol ou gasolina? Como fazer a conta?

 

Na bomba, para saber qual combustível vale mais a pena, o motorista deve multiplicar o valor do litro da gasolina por 0,7. Se o valor resultante for menor que o do litro do etanol, é melhor abastecer com gasolina. Se for maior, o etanol é a melhor opção.

Então:

  • Multiplique o valor do litro da gasolina por 0,7
  • Se o resultado for menor que o valor do litro do etanolgasolina é a melhor opção
  • Se o resultado for maior que o valor do litro do etanoletanol é mais vantajoso

 

Ou, em ‘matematiquês’:

 

Fonte: G1
print