Casal encontra lanche e batatas fritas do McDonald’s dos anos 1950 durante reforma

Batatas fritas frias são ruins o suficiente. Mas batatas fritas frias e velhas são ainda piores.

Essa é a surpresa de Ronald McDonald que um casal de Illinois encontrou durante a reforma da casa.

Em 16 de abril, Rob e Gracie Jones estavam trabalhando em sua casa de 1959 em Crystal Lake, localizada a cerca de 80 quilômetros a noroeste de Chicago.
De repente, eles encontraram uma sacola do McDonald’s de décadas atrás em uma parede.

“Rob estava no banheiro substituindo o antigo acessório de papel higiênico”, disse Gracie à CNN na quarta-feira, “Quando ele puxou o acessório, ele notou um pedaço de pano enrolado dentro da parede”.

O casal não fazia ideia de que estava prestes a descobrir o fast food de décadas.

“Neste momento, nos olhamos imaginando se estaríamos prestes a descobrir evidências de uma cena de crime!”, disse Gracie: “Ficamos muito aliviados ao descobrir que era só uma velha sacolinha do McDonald’s”, brinca.

Eles então levaram a bolsa para a cozinha para abri-la com cuidado. Dentro, eles encontraram duas embalagens de hambúrguer e algumas batatas fritas meio comidas, com décadas de idade – que estavam crocantes e marrons.

“Nós vimos as batatas fritas e achamos algo irreal. Como diabos essas batatas fritas ainda estão nesta bolsa e como elas são tão bem preservadas?! Foi selvagem”, acrescentou Gracie.

As batatas fritas do McDonald’s geralmente são conhecidas por seu cheiro, mas o casal disse que não havia cheiro nessas relíquias.

Gracie disse que eles pegaram algumas batatas fritas e ficaram surpresos com o quão resistentes elas eram, apesar de sua aparência decrépita.

Pesquisando o logotipo na bolsa que recuperaram da parede, o casal descobriu que foi usada na produção do McDonald’s de 1955 a 1961.

Eles também descobriram que um dos McDonald’s originais da área foi construído na rua de sua casa em 1959 – o mesmo ano em que sua casa foi construída.

A sacola continha até o mascote original da rede de fast-food, Speedee.

A CNN entrou em contato com o McDonald’s sobre a descoberta incomum e aguarda comentários.

Por enquanto, o casal tem a antiga refeição guardada e não sabe o que fazer com ela.

“Ficaríamos felizes em vendê-la ou, se não, provavelmente a manteríamos como um pedaço legal da história”, disse Gracie.

 

Fonte: CNN Brasil.

print